Minha Versão de... Punky, A Levada da Breca

Olá amigos!
Conforme prometido, eis minha versão da Punky Brewster, aquela do seriado "Punky, a Levada da Breca"(você se lembra?!). Quando eu era criança passava o dia assistindo. Me lembro que era apaixonada pela cama-carroça da Punky, e morria de vontade de pintar meu quarto como o dela... Com paredes bem coloridas(Talvez por isso hoje eu o tenha em cor azul e vermelho escuro...)

A Série...

A Série contava a historia de Penélope 'Punky' Brewster. Uma garota engraçada e bem humorada, abandonada por seus pais. O pai de Punky deixou a família quando ela tinha dois anos, e anos mais tarde, foi abandonada por sua mãe que a levou até um supermercado em Chicago e desapareceu. Punky então ficou sozinha, apenas com a companhia do seu cão Pinky (Brandon). Logo depois, ela descobriu um apartamento vago em um prédio local e passou a viver lá.
O prédio era gerenciado pelo fotógrafo Arthur Bicudo (Henry Warnimont), um senhor viúvo. Punky rapidamente se tornou amiga de Cátia (Cherry Johnson), uma garota que vivia no andar acima do apartamento de Arthur, e sua avó Luíza (Betty Johnson). Um dia Arthur descobre Punky no apartamento vazio adjacente ao seu, e ouve a história da garota se emocionando ele tornando-se como um pai para a garota, a adotando mais tarde...

Vinheta de entrada:



A Animação...

O Sbt também transmitiu a animação, "It's Punky Brewster!", onde o nome dos personagens foram mantidos e foi adicionado o personagem Glomer... Uma criatura que veio do mundo no final do arco-íris, tendo uma aparência que lembra o cruzamento de um Leprechaun com um urso de pelúcia. Ele possui vários poderes mágicos e tem a habilidade de transportar Punky e seus amigos para qualquer parte da Terra instantaneamente.

Vinheta de entrada:



FONTE: Wikipedia
OBS: Prometi passar neste post a lista com os artistas que irei desenhar, mas para não fazer confusão, achei melhor deixar para próxima semana... Assim já mostro a primeira ilustração + a lista completa dos demais artistas!;)

0 comentários:

Postar um comentário